Os 5 pilares da Inteligência Emocional


De acordo com a psicologia, Inteligência Emocional é a capacidade de identificar e lidar com as emoções e sentimentos pessoais e de outros indivíduos.


Aprender a desenvolver a inteligência emocional é fundamental para a vida, pois possibilita o controle dos nossos impulsos e sentimentos, sendo possível dominar sensações de ansiedade, depressão ou explosão.


A inteligência emocional possui cinco pilares e entendê-las é o primeiro passo para desenvolvê-las e praticá-las diariamente. É assim que você poderá ter maior controle de suas emoções, facilitando a construção de relações saudáveis e tomada de decisões.


Conheça abaixo, os cinco pilares definidos por Daniel Goleman, autor do livro “Inteligência Emocional: a teoria revolucionária que redefine o que é ser inteligente”.


Conhecer as próprias emoções


Conheça a si mesma. É importante conhecer e analisar suas emoções e as ações que você têm como resposta a cada estímulo interno e externo.


Qual o real motivo de sua ansiedade e quais sentimentos ela esconde? Quais são os sentimentos que te apavoram ou te fazem feliz, e porquê? Reconhecer seus sentimentos é o primeiro passo para desenvolver a Inteligência Emocional, pois é preciso conhecer suas emoções para gerenciá-las.


O que acha de anotar os seus sentimentos todos os dias? Assim, você conseguirá percebê-los e entender suas reações com mais facilidade.


Controlar as emoções


Após reconhecer suas emoções, será necessário analisá-las e trabalhá-las. Como você reagiu a cada sentimento? Como precisa melhorar?


Existem dois conceitos para controlar as emoções: a autopercepção, que se refere ao que entendemos e percebemos, e a heteropercepção, que trata-se do modo como os outros enxergam a mesma situação.


Seja positivo! Conhecer também a percepção do outro é fundamental para trabalhar sua Inteligência Emocional. Assim, você consegue entender a melhor forma de emitir mensagens, evitando assim entendimentos distorcidos.

.

Automotivação