Outubro rosa. Novembro azul

Câncer e Direitos. Saúde e Iniquidades. Mulheres Negras. Homens Negros.


As mulheres negras e o câncer de mama


Outubro Rosa é uma campanha iniciada em 1990, em Nova York, para incentivar mulheres a fazerem o exame de mamografia. O Brasil se baseou nos ditames legais do Reino Unido para introduzir no nosso país parâmetros não nacionais de realização do exame, desconsiderando, por exemplo, que lá no Reino Unido a incidência do câncer de mama é entre os 50 e 69 anos, enquanto que aqui no Brasil ocorrem em mulheres entre 40 e 59 anos. Com todas as dificuldades para realização de exames, mulheres nesta faixa etária, entre 40 e 59 anos de idade, desenvolviam a doença sem diagnóstico precoce.


Aqui em Pernambuco, temos a LEI Nº 12.770, DE 8 DE MARÇO DE 2005, que dispõe sobre os direitos das usuárias e dos usuários dos serviços e das ações de saúde no Estado e dá outras providências e que traz no seu artigo 2º que


É vedada aos serviços públicos de saúde e às entidades públicas ou privada, conveniadas ou contratadas pelo poder público: I - realizar, proceder ou permitir qualquer forma de discriminação entre os usuários dos serviços de saúde; II - manter acessos diferenciados para os usuários do Sistema Único de Saúde - SUS - e quaisquer outros usuários, em face de necessidades de atenção semelhantes. Parágrafo único - O disposto no inciso II deste artigo compreende também as portas de entrada e saída, salas de estar, guichês, listas de agendamento e filas de espera.


Sabemos que, de uma forma geral, em relação especificamente ao câncer de mama, primeiro em incidência, conforme demonstrado a seguir, o que ainda salva muitas mulheres é o autoexame, que ainda precisa ser mais divulgado e, para além da divulgação, é preciso que as mulheres que percebam ter alguma alteração mamária possam ter acesso rápido à consulta médica qualificada para que seja dado um diagnóstico seguro, tanto o diagnóstico negativo para tranquilizar a mulher, quanto para início imediato de tratamento, quando houver diagnóstico positivo de ocorrência da doença.


O quadro abaixo apresenta a estimativa de número de casos de incidência de câncer em mulheres no Brasil em 2020 e qual é a localização afetada do corpo onde ocorre a doença.


Incidência estimada conforme a localização primária do tumor e sexo.

- em mulheres, Brasil, 2020.

Fonte: MS / INCA / Estimativa de Câncer no Brasil, 2020 MS / INCA / Coordenação de Prevenção e Vigilância / Divisão de Vigilância e Análise de Situação